• Sustentabilidade
  • Relação entre pecuária e sustentabilidade é tema de painel técnico na ExpoZebu

    05/05/2021
    A 86ª ExpoZebu segue com uma extensa programação técnica, e na última segunda-feira (3) mais um importante assunto entrou em pauta. Trata-se do painel ‘Pecuária e Meio Ambiente: Desafio ou oportunidade para o criador brasileiro?’, que reuniu grandes especialistas, com o desafio de apontar os caminhos que já estão dando certo para uma produção com sustentabilidade.

    “Nós, produtores rurais, somos bastante alinhados com o meio ambiente, e trazer esse debate para a ExpoZebu, com um alcance tão grande como o que estamos tendo agora, é algo extremamente importante. Até porque o grande público precisa saber o que a gente faz. Hoje não existe pecuária melhoradora sem pensar em sustentabilidade e preservação ambiental”, destaca Rivaldo Machado Borges Júnior, presidente da ABCZ, que participou da abertura do painel.

    Entre os participantes do debate está o engenheiro agrônomo e articulista político, Xico Graziano, que também é secretario de Meio Ambiente de Ilha Bela, que destacou que deste a aprovação do novo Código Florestal, em meados de 2012, muitos avanços já foram percebidos. “Nós realmente evoluímos muito! Hoje, na pecuária e na agricultura, nós estamos bem mais avançados, em termo dessa agenda da sustentabilidade e, mais recentemente, do baixo carbono. O titulo do nosso debate traz uma pergunta, se essa relação é um desafio ou uma oportunidade, e eu digo que são as duas coisas”, avalia ele.

    O painel também contou com a participação do chefe-geral da Embrapa Territorial, Evaristo de Miranda, que é doutor em Ecologia. Durante o debate, o especialista ressaltou a importância de analises especificas, considerando as diferentes características do país. “Tanto na pecuária quanto na agricultura nós não podemos generalizar nada. Nós temos seis biomas no Brasil, e se você considerar em todos esses biomas, há pelo menos três níveis de sistemas de produção pecuária. Você tem a pecuária muito extensiva em todos eles, você tem a pecuária de um nível médio, que já investiu em genética, e você tem os sistemas tecnificados que vão até o confinamento. Então se a gente considerar três sistemas e seis biomas, nós já temos 18 casos, e as tecnologias têm que ser adaptadas conforme essas situações. E todas elas representam desafios e oportunidades”, diz ele.

    Fonte: Mário Sérgio Santos com curadoria Boi a Pasto.



  • CAP disponibiliza curso gratuito de proteção de ruminantes e equinos em transporte de longa duração

  • CAP disponibiliza curso gratuito de proteção de ruminantes e equinos em transporte de longa duração

    + leia mais
  • Starrett troca plástico por papelão nas embalagens de Serra Manual e eliminará o consumo de 7,9 toneladas do material ao ano

  • Substituição reduzirá ainda em 25% as emissões de CO2; Objetivo da empresa é que todas as suas embalagens sejam sustentáveis

    + leia mais
  • IICA e Fundo Verde do Clima fecham parceria de US$ 100 milhões para projetos de redução das emissões de metano nas Américas

  • Para secretário de Inovação do Mapa, Fernando Camargo, iniciativa pode ajudar países a cumprirem meta de diminuir as emissões de metano na pecuária

    + leia mais
  • Lei de pagamento por serviços ambientais é incentivo para cuidar do pasto

  • Pesquisadores da Embrapa destacaram a ligação entre das boas práticas de manejo do pasto e a nova lei de pagamento por serviços ambientais

    + leia mais


  • Criação de sites