• Genética
  • Projeto leva melhoria de qualidade genética bovina para o norte do país

    11/11/2014
    O projeto já está na quinta leva de embriões transferidos nas receptoras em Roraima e visa construir uma produção em escala do Nelore de Ciclo Curto.

    De acordo com dados do último censo do IBGE, o rebanho de bovinos da região norte do país possui cerca de 43 milhões de cabeças, o que corresponde a cerca de 20,3% do rebanho nacional. Porém, por conta das dificuldades logisticas da região, quando o assunto é qualidade do rebanho, o norte fica muito aquém do que é produzido no restante do país.

    Diante deste cenário, uma propriedade do interior de Mato Grosso do Sul enxergou a possibilidade de contribuir para a melhoria da produção pecuária da região Norte. A Fazenda 3R, localizada em Figueirão/MS e referência na produção de bezerros de corte, o Nelore de Ciclo Curto, implantou uma parceria com a Agropecuária Norte Sul de Boa Vista/RR visando difundir novas tecnologias e principalmente o melhoramento genético do rebanho nesta região.

    “Boa Vista tem uma grande quantidade de animais, Manaus um grande mercado consumidor, para conquistar este mercado basta um investimento: qualidade genética. E esse é o nosso ideal, introduzir tecnologias através de um manejo sustentável e do uso de ferramentas que possam não só melhorar mas principalmente padronizar a qualidade dos animais da região”, ressalta o administrador da fazenda 3R, Rogério Rosalin.

    O projeto já está na quinta leva de embriões transferidos nas receptoras em Roraima e visa construir uma produção em escala do Nelore de Ciclo Curto. A técnica de troca de genética é realizada através da Fertilização in Vitro (FIV) que segundo Rogério, é mais viável logisticamente do que o envio de um animal vivo, como um reprodutor, que repassaria essa genética.

    “O projeto é audacioso e a intenção é de ser este o primeiro passo para a melhoria do rebanho na região norte. A ideia é divulgar a iniciativa para que mais produtores possam aderir o projeto e melhorar a qualidade de sua produção”, afirma Rosalin.

    Para o proprietário da agropecuária Norte Sul, Newton Sarat, a iniciativa pretende ampliar os ganhos entre os produtores da região, fortalecendo a pecuária do norte do país.

    “Com a multiplicação dessa iniciativa entre os pecuaristas da região,  aos poucos a pecuária do norte quebrará a dependência genética dos grandes centros de referência, deixando de “importar” reprodutores e desenvolvendo seus próprios protocolos para IATF/FIV/TE, com matrizes e  reprodutores “criados a campo” e totalmente adaptados a nossa região”, enfatiza.

    Para Rubinho Catenacci, proprietário da marca 3R, o projeto agrega valor não só a produção da 3R mas é uma demonstração de que é preciso união entre os produtores de todo o país para que a pecuária como um todo se fortaleça.

    “Estamos trabalhando na ultima fronteira agropecuária do Brasil, Roraima é um mercado extremamente carente na pecuária de seleção e não podemos deixar que ela fique estagnada. Levar a genética da Badalada da 3R para essa região é também contribuir com o crescimento e fortalecimento do nosso setor”, finaliza.

    Evento difunde a genética melhoradora na região norte

    E buscando justamente ampliar a difusão de genética diferenciada na região norte é que a Fazenda 3R promove através da parceria com a Agropecuária Norte Sul um Shopping de Reprodutores na cidade de Boa Vista/RR, no próximo dia 29 de novembro a partir das 9 da manhã na Fazenda Norte Sul.

     No evento serão disponibilizados 50 reprodutores frutos dessa parceria. Além do shopping haverá  também uma amostra técnica com participação de pesquisadores e profissionais que abordarão a importância do reprodutor para a produção entre outros assuntos relevantes para a pecuária. Mais informações podem ser obtidas pelo site www.fazenda3r.com.

    Fonte: ricacomunicação.com.br

     


  • MANEJO EFICIENTE DA PASTAGEM AJUDA NA PRODUÇÃO DE CARNE DE QUALIDADE

  • Para acessar mercado premium e que melhor remunera com a criação a pasto, é preciso planejamento, animais de boa genética e principalmente escolher cultivares com alto valor nutritivo para alimentação

    + leia mais
  • Pantanal tem 14 cidades em emergência, mais incêndios e mortes de animais no MS

  • Região vive período de forte estiagem, o que motivou o decreto de emergência por parte do governo local

    + leia mais
  • Pasto rotacionado: sobrou capim? Saiba por que isso é um ótimo sinal

  • Confira as novas dicas do doutor em zootecnia Gustavo Rezende Siqueira, pesquisador do Polo Regional de Alta Mogiana da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA)

    + leia mais


  • Criação de sites