• Conjuntura
  • Preço do milho assusta pecuarista: A cem reais a saca é inviável tratar boi

    12/05/2021
    Embora a cotação da arroba do boi gordo supere R$ 300, pecuaristas estão preocupados com a alta do milho, cuja saca passou de R$ 100 na semana passada, no Paraná.
    O valor do cereal, aliado ao da soja, acima de R$ 175, tem impacto direto nos custos de produção de pecuária de corte.
    A cem reais a saca de milho fica inviável tratar boi, diz o pecuarista Orivaldo Mello, de Mato Grosso do Sul.
    Segundo ele, o preço do diesel igualmente tem elevado os custos de produção de pecuária. A soma dos gastos com combustível e grãos para alimentação animal torna a atividade menos rentável, embora as exportações de carne bovina sigam em alta.
    O momento é bom para o produtor de grãos, mas exige cautela dos pecuaristas e dos criadores de suíno e de aves. Como a gente não sabe qual será a cotação da arroba do boi nos próximos meses, é preciso ficar atento, assinala Orivaldo.
    Dono de um rebanho de cerca de mil cabeças em Campo Grande, o pecuarista enfatiza que a alta dos preços dos grãos também aumenta os custos do confinamento dos animais, na fase de terminação.
    De acordo com ele, os atuais preços do milho e da soja se refletem até na criação a pasto dos animais, exigindo mais comedimento dos pecuaristas.
    Ainda conforme Orivaldo, o clima também não está ajudando a pecuária na região de Campo Grande.
    Nunca vi um ano tão seco. Nunca tinha visto isso na minha região. Chove pouco desde janeiro. A chuva está pouca, e o capim, seco.
     
    Fonte: Agro Em Dia com curadoria Boi a Pasto 
     


  • IICA e Fundo Verde do Clima fecham parceria de US$ 100 milhões para projetos de redução das emissões de metano nas Américas

  • Para secretário de Inovação do Mapa, Fernando Camargo, iniciativa pode ajudar países a cumprirem meta de diminuir as emissões de metano na pecuária

    + leia mais
  • Lei de pagamento por serviços ambientais é incentivo para cuidar do pasto

  • Pesquisadores da Embrapa destacaram a ligação entre das boas práticas de manejo do pasto e a nova lei de pagamento por serviços ambientais

    + leia mais


  • Criação de sites