• Nutrição
  • Nutrição animal: Cinco dicas de como utilizar bem o suplemento mineral

    08/04/2021
    Assim como qualquer outro tipo de atividade, a pecuária também tem seus ‘macetes’ para um bom desempenho econômico. O médico veterinário do departamento de nutrição do Grupo Matsuda, Mateus Araujo dá cinco dicas de como utilizar bem o suplemento mineral para melhorar a produção. Confira:

     

    1. Respeite a metragem de cocho correta para cada tipo de suplemento, só assim todos os animais têm acesso ao cocho e o rebanho produz de forma homogênea;
       
    2. O cocho de suplemento mineral deve ser próximo às aguadas,com distanciamento máximo de 100 metros; caso essa distância não seja respeitada os animais tendem a ‘superpastejar’ as áreas próximas àfonte de água;
       
    3. É importante seguirmos as recomendações de fornecimento decada tipo de produto para termos um consumo mais uniforme e evitar desperdício;
       
    4. O suplemento deve ser armazenado em locais sem umidade, sem animais, longe de parede e do solo, caso contrário esses fatores podem afetar a palatabilidadedo produto e consequentemente o consumo pelos animais;
       
    5. Verifique os níveis de garantia juntamente com o consumo estimado dos produtos, só assim você saberá se a formulação é capaz de fornecer tudo o que o seu rebanho precisa para estar bem mineralizado.

     

    O Grupo Matsuda

    Hámais de 70 anos no mercado brasileiro o Grupo Matsuda tem como foco principal o agronegócio, que envolve a produção e a comercialização de sementes para pastagens, suplementos minerais, rações para peixes, equipamentos agrícolas, inoculantes para silagem e saúde animal. A empresa também atua no segmento Pet com linhas de alimentos para cães e gatos e tem com a Incorporadora Matsuda os residenciais Portinari I e Portinari II. Além de operar no ramo de energia solar.

    Com a Matriz localizada em Álvares Machado, no interior de São Paulo, o Grupo Matsuda possui unidades em Cuiabá (MT), Imperatriz (MA), São Sebastião do Paraíso (MG), Goianira (GO), Vitória da Conquista (BA), além de Centros de Distribuição em Passos (MG), Atibaia (SP), Curitiba (PR), Campo Grande (MS), Ji-Paraná (RO). Para completar o Grupo tem o Laboratório Vet&Cia, localizado em Jacareí (SP), escritório de exportação em São Paulo, capital, a Linha Pet em São Gonçalo do Amarante no Ceará e a Matsuda Equipamentos também em Álvares Machado.

    Redação Boi a Pasto



  • Falta de assistência técnica é gargalo para atingir metas de metano e carbono

  • Firmados na COP26, pactos para diminuir emissão de gases de efeito estufa estão distantes de produtores que carecem de extensão rural pública

    + leia mais
  • Aumento de 35% na probabilidade de prenhez e 30% mais peso nos bezerros desmamados

  • Esses números são possíveis com o uso da suplementação alimentar específica para vacas durante o período reprodutivo

    + leia mais


  • Criação de sites