• Sanidade
  • Kemin lança seu Programa para o Período de Transição

    10/05/2016
    Tecnologias visam minimizar distúrbios metabólicos com soluções especialmente desenvolvidas para auxiliar na saúde e bem-estar dos animais

    Tendo conhecimento da sua importância no desenvolvimento e entrega de novas tecnologias que auxiliam no desafio de alimentar a crescente população mundial com qualidade, a Kemin lançou este ano o Programa “Kemin Período de Transição”. “Com esse Programa, a Kemin auxilia produtores a maximizar sua produção de maneira sustentável. Dessa forma servimos o mercado com tecnologias para produção de proteína de origem animal com qualidade para o consumidor final, lucratividade para o produtor e saúde e bem-estar para os animais.” diz Gisele Neri, gerente de produtos da Kemin.

    O Programa já foi apresentado durante dois importantes eventos do cenário nacional do leite: XX Curso Novos Enfoques na Produção e Reprodução de Bovinos (Uberlândia / MG) e 7º Leilão Anual da Agrindus (Descalvado / SP).

    O período de transição é a fase mais crítica da vida da vaca de leite e impacta diretamente na lucratividade do negócio. Esse é o momento decisivo para a lactação inteira, ou seja, toda possibilidade de implementação de tecnologias e possíveis investimentos devem ser avaliados, pois trarão retorno durante os próximos 300 dias, pelo menos. As drásticas alterações no organismo da vaca no momento do parto podem provocar diversos distúrbios metabólicos: balanço energético negativo, fígado gorduroso ou ainda a hipocalcemia (febre do leite).

    O programa “Kemin Período de Transição” visa minimizar esses distúrbios metabólicos com soluções tecnológicas especialmente desenvolvidas para auxiliar na saúde e bem-estar dos animais:

    O NutriCAB™ (cloreto de cálcio encapsulado) pode ser utilizado no pré-parto em dietas aniônicas para reduzir o pH do sangue e dessa forma auxiliar o animal a mobilizar cálcio ósseo a partir do momento do parto.

    O CholiPEARL™ (fonte de colina encapsulada de alta liberação intestinal) deve ser utilizado no período de transição, quando o animal enfrenta um balanço energético negativo, pois auxilia o fígado na exportação dos ácidos graxos não-esterificados e consequentemente na redução da incidência de fígado gorduroso.

    O EnerFAT™ é uma fonte energética, de grande estabilidade no rúmen, composto por sais de cálcio de ácidos graxos derivados de óleo de palma, de alta absorção intestinal e elevado teor de ácido palmítico, resultando em mais energia disponível para aumentar a produção e a gordura no leite.

    Adicionalmente, toda a linha KemTRACE™ (minerais orgânicos na forma de propionato: Cr, Co, Cu, Mn e Zn), LysiPEARL™ e MetiPEARL™ (aminoácidos protegidos: lisina e metionina, respectivamente), Toxfin Supreme (adsorvente de micotoxinas com foco em zearalenona) e NutroCAL (propionato de cálcio – fonte gluconeogênica combinada com fonte de cálcio altamente disponível) são ferramentas nutricionais que possibilitam otimizar o desempenho e a saúde dos animais, resultando em lucratividade para o produtor.

    Sobre a Kemin Nutrição e Saúde Animal

    Fundada em 1961, a Kemin Industries Inc. oferece soluções de nutrição e saúde para as indústrias de Produção Animal, de Ingredientes de Alimentos, Alimentos para Pets, Saúde Humana e Indústria Farmacêutica.

    A companhia conta com plantas industriais em 8 países (Bélgica, Brasil, Itália, China, Índia, Cingapura, África do Sul e Estados Unidos) e faz negócios em mais de 90 países. Ao todo, a empresa soma mais de 1.500 colaboradores em todo o mundo e, em virtude de sua expertise, detém 200 patentes.

    No Brasil, a Kemin possui fábricas em Indaiatuba (SP), Chapecó e Vargeão (SC), onde trabalham cerca de cem funcionários.

    A Kemin trabalha para melhorar a vida das pessoas e estima que seus produtos voltados à segurança alimentar e saúde humana e animal alcancem metade da população do mundo até 2018. Para tanto, a empresa investe fortemente em pesquisa e desenvolvimento, para que novos produtos e tecnologias permitam atingir esta marca.

    Fonte: Veropress



  • IICA e Fundo Verde do Clima fecham parceria de US$ 100 milhões para projetos de redução das emissões de metano nas Américas

  • Para secretário de Inovação do Mapa, Fernando Camargo, iniciativa pode ajudar países a cumprirem meta de diminuir as emissões de metano na pecuária

    + leia mais
  • Lei de pagamento por serviços ambientais é incentivo para cuidar do pasto

  • Pesquisadores da Embrapa destacaram a ligação entre das boas práticas de manejo do pasto e a nova lei de pagamento por serviços ambientais

    + leia mais


  • Criação de sites