• Notícias
  • Governo disponibiliza R$ 251,2 bi para o Plano Safra 21/22 e contempla pleitos dos produtores para armazenagem de soja

    29/06/2021
    Programa de Construção Armazéns terá R$ 4,12 bi, ante os R$ 3 bi reivindicados pelas Aprosojas

    O Governo Federal disponibilizou R$ 251,2 bilhões aos produtores rurais por meio do Plano Safra 2021/2022, que lançado oficialmente nesta terça-feira (22.06), em Brasília. O montante representa um aumento de R$ 14,9 bilhões (6.3%) em relação ao plano da safra anterior. Serão destinados R$ 177,78 bilhões ao custeio e comercialização e R$ 73,4 bilhões para investimentos. Os recursos relativos a investimentos tiveram aumento de 29% e poderão ser contratados entre 1º de julho de 2021 e 30 de junho de 2022.

    A Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil), em conjunto com a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja MT), participou da construção do planejamento com inúmeras propostas, dentre elas o direcionamento de recursos para o Programa de Construção de Armazéns (PCA), e a equalização das taxas de juros do crédito agrícola.

    Atendendo ao apelo dos sojicultores, o governo anunciou o valor de 4,12 bilhões ao PCA, o que representa acréscimo de 84% em relação ao plano passado, valores suficientes para aumentar em até 5 milhões de toneladas a capacidade instalada, e capazes de implantar cerca de 500 novas unidades de armazenagem. Para armazéns com capacidade de até 6 mil toneladas nas propriedades a taxa de juros é de 5,5% e para maior capacidade a taxa é de 7% ao ano, com carência de três anos e prazo máximo de 12 anos.

    “Os recursos permitirão que o produtor rural tenha um acesso mais tranquilo a este tipo de investimento e não tenha tanta restrição para poder fazer seu armazém em nível de propriedade. Temos que agradecer pois sabemos a necessidade que o governo vem passando neste momento de crise por causa da pandemia”, afirmou o presidente da Aprosoja Brasil, Antonio Galvan.

    Na sugestão originalmente encaminhada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), os produtores haviam indicado o aumento de recursos para o PCA para R$ 3 bilhões, a uma taxa de 5% a.a. Também fez parte das propostas a destinação de 50% desses recursos para estruturas de armazenagem que vão atender pequenas e médias propriedades, construídas individualmente ou através de condomínios de agricultores, exceto armazéns gerais.

    De acordo com o presidente da Aprosoja Mato Grosso, Fernando Cadore, a disponibilidade do acesso ao crédito para o pequeno e médio produtor mitigaria a pressão sazonal sobre a infraestrutura logística, além de garantir a disponibilidade interna de produtos agrícolas.

    “É uma questão de segurança alimentar. O agricultor ganha por ter onde guardar a sua produção e não comercializar de forma tão antecipada, e a sociedade tem alimento disponível sem oscilações de preços nas prateleiras dos mercados”, explicou.

    Além de Galvan e Cadores, o evento lançamento do Plano Safra 2021/2022 no Palácio do Planalto também teve a presença do presidente da Aprosoja Tocatins, Dari Fronza. Em virtude da pandemia, demais diretores das Aprosojas assistiram ao evento de forma remota, entre eles o vice-presidente da Aprosoja Brasil, José Sismeiro, o conselheiro fiscal da entidade, Almir Michelan, da Aprosoja Piauí, o diretor executivo Fabrício Rosa e o diretor da Aprosoja Goiás, Rogério Vian.

    Fonte: Ascom Aprosoja Brasil e Aprosoja MT com curadoria Boi a Pasto.

      



  • IICA e Fundo Verde do Clima fecham parceria de US$ 100 milhões para projetos de redução das emissões de metano nas Américas

  • Para secretário de Inovação do Mapa, Fernando Camargo, iniciativa pode ajudar países a cumprirem meta de diminuir as emissões de metano na pecuária

    + leia mais
  • Lei de pagamento por serviços ambientais é incentivo para cuidar do pasto

  • Pesquisadores da Embrapa destacaram a ligação entre das boas práticas de manejo do pasto e a nova lei de pagamento por serviços ambientais

    + leia mais


  • Criação de sites