• Entrevista
  • Gerhard Bohne, da Bayer, afirma que Ciência é vital e será valorizada.

    13/05/2020
    Gerhard Bohne, presidente da divisão Crop Science da Bayer Brasil.

    Gerhard Bohne, presidente da divisão Crop Science da Bayer Brasil.

    Conversei com Gerhard Bohne, presidente da divisão Crop Science da Bayer Brasil, que hoje lidera no planeta terra o desenvolvimento genético, químico e de biotecnologia, a Ciência no antes da porteira para o agronegócio. Nessa conversa constatamos que a Ciência vinha sendo não tratada com o devido valor que merecia. E, inclusive, alvo de desinformações e fake news.

    Agora, diz Gerhard, com a descoberta que iremos ter de vacinas e medicamentos para a pandemia Covid-19, sem dúvida, entraremos numa fase muito positiva de valorização da Ciência.

    Da mesma forma as relações do agronegócio serão enfatizadas, pois quatro quintos da população mundial depende de alimentos que não são produzidos onde elas estão. Logo, veremos uma maior integração vertical, inclusive do agricultor.

    Sobre o Brasil, Gerhard Bohne aponta aspectos diferenciais positivos da nossa competitividade, pois a Europa e os Estados Unidos precisarão movimentar milhões de trabalhadores rurais para suas colheitas, e no Brasil temos os recursos, sol, terra, talentos humanos e tecnologia para competirmos globalmente e sairmos da crise com muita positividade.

    No primeiro trimestre deste ano exportamos mais 17,5% para o mundo além de abastecermos a nossa população brasileira, comparado ao ano passado. Sanidade humana com sanidade no campo, na proteína animal, e produção de muito mais alimentos sadios e com baixo custo. Um poder brasileiro extraordinário neste momento.

    De fato, teremos valorização da Ciência, sem dúvida, como afirma Gerhard Bohne, é só precisamos de um planejamento estratégico do agro brasileiro das nossas cadeias produtivas competitivas.

    Temos o peixe e temos a tecnologia das varas e redes para sua pesca, além de ótimos pescadores. Hora da reunião dos talentos brasileiros, foco a essência da nossa superação e sanidade mental de liderança.

    José Luiz Tejon para Jovem Pan.



  • Falta de assistência técnica é gargalo para atingir metas de metano e carbono

  • Firmados na COP26, pactos para diminuir emissão de gases de efeito estufa estão distantes de produtores que carecem de extensão rural pública

    + leia mais
  • Aumento de 35% na probabilidade de prenhez e 30% mais peso nos bezerros desmamados

  • Esses números são possíveis com o uso da suplementação alimentar específica para vacas durante o período reprodutivo

    + leia mais


  • Criação de sites