• Manejo
  • Famato orienta quais medidas devem ser tomadas em casos de incêndios

    15/07/2014
    Com o fim das chuvas, começa um período preocupante para os produtores rurais de Mato Grosso. A baixa umidade relativa do ar e o tempo seco entre os meses de julho e setembro são favoráveis às queimadas e incêndios.

    Para prevenir os incêndios, o governo estadual institui anualmente o período proibitivo para queimadas que, neste ano seguirá até 15 de setembro de 2014. Assim como em anos anteriores, com o objetivo de evitar prejuízos nas propriedades rurais, a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) divulga orientações para os produtores do Estado.

    Em pleno período de colheita da segunda safra de milho, incêndios acidentais ou problemas mecânicos podem afetar as lavouras e trazer prejuízos aos produtores. Neste caso, a Famato orienta para o produtor: ficar atento aos horários de colheita; ter atenção aos focos de incêndios próximos da propriedade e ajudar o vizinho, caso necessário; manter tanques d’água próximo ao local da colheita e os operadores de máquinas e funcionários devem estar treinados para resolver o incidente.

    A analista de Meio Ambiente da Famato, Lucélia Avi, alerta que em situações de incêndio, o produtor deve coletar o maior número de provas possíveis que evidenciem os danos causados pelo fogo. Uma das medidas é fotografar toda a ação de combate ao fogo. O registro fotográfico é uma das principais provas de que o fogo não foi intencional.

    Após o controle do fogo, o produtor deve registrar um Boletim de Ocorrência (BO) na delegacia mais próxima. "Além disso, é aconselhável que o produtor identifique e cadastre pelo menos duas testemunhas que possam relatar o ocorrido", acrescenta a analista.

     Outra orientação importante é contratar um técnico habilitado para fazer um laudo justificando que a origem do incêndio não foi na propriedade. "Esses documentos irão servir para provar que a queimada não foi intencional, já que o produtor tem 20 dias para apresentar sua defesa após ser notificado pelo órgão ambiental", destaca Lucélia.

     Para saber mais quais medidas devem ser tomadas para evitar as queimadas na propriedade rural e como proceder em caso de incêndio, acesse o informativo técnico: http://www.sistemafamato.org.br/portal/famato/informativo_completo.php?id=246

     Queimada x Incêndio

    A queimada é uma prática agrosilvipastoril antiga que utiliza fogo de forma controlada para viabilizar a agricultura ou renovar as pastagens. Esta técnica é utilizada pelos índios, quilombolas e na agricultura familiar e empresarial. Em Mato Grosso ela é autorizada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e apenas neste período, de 15 de julho a 15 de setembro, é proibida sua utilização para evitar os incêndios florestais. Quando a queimada foge de controle e incide sobre qualquer forma de vegetação de uma propriedade é considerado incêndio. Existem muitos casos em que o incêndio surge por causas naturais, como raios, ou pelo lançamento de fósforos e bitucas de cigarros acesas.

    Fonte: Sistema Famato



  • Cade autoriza aquisição da Nufarm pela Sumitomo Chemical

  • Negócio foi aprovado sem ressalvas; nova companhia terá foco em pesquisa e desenvolvimento, novas moléculas e produtos pós-patentes de alta qualidade.

    + leia mais
  • Safra 2019/20 de soja tem crescimento na área 2,6%

  • De acordo com o levantamento da Conab, a safra 2019/20 de soja tem crescimento na área 2,6% maior que na última temporada.

    + leia mais


  • Escreva um comentário



  • *

    *
    *





  • Comentários (4)



  • gordon
  • GGgn5V http://www.y7YwKx7Pm6OnyJvolbcwrWdoEnRF29pb.com

    Postado: 31/01/2017 15:33:00

  • matt
  • YajCIJ http://www.y7YwKx7Pm6OnyJvolbcwrWdoEnRF29pb.com

    Postado: 29/01/2017 13:13:00

  • chaba
  • wr47PC http://www.y7YwKx7Pm6OnyJvolbcwrWdoEnRF29pb.com

    Postado: 29/01/2017 13:11:00

  • Barnypok
  • qmSAvi http://www.FyLitCl7Pf7ojQdDUOLQOuaxTXbj5iNG.com

    Postado: 02/01/2017 05:20:00

    Criação de sites