• Notícias
  • Campo Grande teve a maior etapa da história do Circuito ExpoCorte

    10/08/2015
    Passaram pelo evento 1.420 pessoas, dentre as quais 80% pecuaristas.

    Campo Grande (MS) protagonizou a maior etapa da história do Circuito ExpoCorte. Realizado nos dias 29 e 30 de julho, o evento contou com a participação de 1.420 pessoas, dentre os quais 80% pecuaristas, oriundos de 108 cidades brasileiras (50 cidades do Mato Grosso do Sul) e delegações de produtores da Bolívia e do Paraguai.

    A cerimônia de abertura do evento contou com a presença do Governador do Estado de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja e do Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, além do Secretário de Agricultura e Abastecimento de São Paulo, Arnaldo Jardim e de outros secretários do MS. O Governo de São Paulo e a Famasul assinaram na ocasião um protocolo de intenções para que sejam desenvolvidas entre os dois estados ações que apoiem o produtor rural, como pesquisas científicas, desenvolvimento de cultivares, genética animal e conservação de solo.

    A programação contou com 20 palestras que abordaram as diversas fases da vida do animal para que se possa atingir o boi 7.7.7, parâmetro de produção que preconiza a busca por animais com 7@ na desmama, 7@ na recria, 7@ na engorda e terminação e abate com 21@ aos 24 meses. O conceito foi desenvolvido por pesquisadores do Polo Regional da Alta Mogiana, da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA) e da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAA) de São Paulo e permite produzir mais e melhor em menos tempo. Além das palestras, o evento teve cinco debates em que palestrantes e público puderam interagir, tirar dúvidas e trocar experiências.

    Grande destaque teve o último debate do evento como parte do painel “Gestão Territorial da Bovinocultura de Corte do MS”, com a participação do presidente eleito da Famasul, Mauricio Saito; do Tesoureiro do Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável, Ruy Fachini Filho; do chefe-geral da Embrapa Gado de Corte, Cleber Soares; do Secretário de Produção e Agricultura Familiar do Estado de MS, Fernando Mendes Lamas e do presidente da ABIEC – Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes, Antonio Camardelli.

    “A sintonia entre as lideranças que participaram do Painel ao tratar da importância de se ter e trocar informações para aprimorar a gestão da pecuária demonstra que o Circuito ExpoCorte está cumprindo com a sua missão que é levar conhecimento e tecnologia ao produtor e integrar os diversos elos da cadeia, configurando-se como um palco para discussões que contribuem para tornar a atividade mais lucrativa, eficiente e sustentável”, avalia Carla Tuccilio, diretora da Verum Eventos, que promove o Circuito ExpoCorte.

    Compartilha a mesma opinião o presidente eleito da Famasul, Maurício Saito: “O Circuito ExpoCorte disponibiliza ao produtor rural, não só do Mato Grosso do Sul, mas de todo o Brasil informações que são essenciais para que possamos ter uma melhora na produtividade de carne para o nosso Estado e nosso País.”

    Para o presidente da Novilho Precoce MS, Carlos Vanderlei Furlan, o Circuito ExpoCorte vem trazer os processos de inovação ao produtor rural, “fazendo com que ele, culturalmente, tenha atitude de modernizar, utilizando novas ferramentas e ampliando o seu leque de informações. O nível das palestras está muito alto e todos os palestrantes têm um aprimoramento baseado em pesquisas e realidades”. “A cada dia nossa pecuária está evoluindo e o Mato Grosso do Sul é um dos estados  que está bastante avançado nesse sistema. O Circuito ExpoCorte vem só abrilhantar um trabalho que a gente vem desenvolvendo e quem ganha com isso é o produtor. Aquele que consegue absorver e ter atitude de colocar em prática é o produtor que sai na frente”, completa o presidente da Novilho Precoce MS.

    “É um evento que está mostrando ao pecuarista brasileiro como e o porquê se modernizar, que é preciso buscar tecnologia para que se possa melhorar a atividade. Esse evento está de parabéns porque está mostrando isso para todos os produtores. E o mais incrível que é um evento com a grande adesão do produtor já que a maior parte dos participantes é pecuarista”, afirma o produtor Rubinho Catenacci, da Fazenda 3R

    “Espetacular” foi o termo usado pelo pecuarista boliviano Herlan Valverde, do Grupo Unión Columbia, que participou do evento em Campo Grande. “Definitivamente é um encontro com nível bastante alto, onde se encontra aplicação de tecnologias no campo. Estamos impressionados pela qualidade dos expositores, dos palestrantes e dos organizadores pelo cuidado que tiveram em mostrar o que significa a pecuária”.

    Além do workshop, os participantes do evento puderam conferir as novidades tecnológicas apresentadas por empresas de referência na pecuária que participam da feira de negócios que compõe o evento. Estiveram presentes na etapa de Campo Grande as empresas Minerva Foods, Zoetis, Phibro, DSM – Tortuga, Dow AgroScienses, Premix, Ouro Fino, Novanis, Nutron, Bellman, Agroceres Multimix, CRI Genética, ABS Pecplan, Romancini, DeltaGen, Rubber Tank, Panucci Pré-Moldados, Macal Nutrição Animal, Nelore York, Embriza Biotecnologia e Rastrovet.

    A edição de 2015 do Circuito ExpoCorte já teve a etapa de Cuiabá (MT), em março, com a participação de 1.100 pessoas, dentre as quais 90% pecuaristas. Depois de Campo Grande, o evento será em Uberaba (MG) em 24 e 25 de setembro como parte da programação da Expoinel Nacional; Araguaína (TO) nos dias 29 e 30 de outubro, finalizando com Ji-Paraná (RO) em 25 e 26 de novembro.

    Mais informações: www.circuitoexpocorte.com.br  e www.facebook.com/verumeventos

    O Portal Boi a Pasto é mídia partner do Circxuito ExpoCorte 2015.



  • IICA e Fundo Verde do Clima fecham parceria de US$ 100 milhões para projetos de redução das emissões de metano nas Américas

  • Para secretário de Inovação do Mapa, Fernando Camargo, iniciativa pode ajudar países a cumprirem meta de diminuir as emissões de metano na pecuária

    + leia mais
  • Lei de pagamento por serviços ambientais é incentivo para cuidar do pasto

  • Pesquisadores da Embrapa destacaram a ligação entre das boas práticas de manejo do pasto e a nova lei de pagamento por serviços ambientais

    + leia mais


  • Criação de sites