• Notícias
  • Brasil se compromete a reduzir emissões de metano em 30% até 2030

    03/11/2021
    Anunciado em setembro por EUA e UE, compromisso recebeu adesão de 15 dos 30 maiores emissores globais do gás, considerado 80 vezes mais danoso ao clima do que o CO²

    O Brasil somou-se a um grupo de mais de 90 países que decidiram aderir nesta terça-feira (02/11) em Glasgow, ao compromisso de reduzir em 30% duas emissões de metano, um dos gases de efeito estufa mais potentes presentes na atmosfera. A meta havia sido anunciada em setembro por EUA e União Europeia e toma como base as emissões atuais.

    O metano tem vida mais curta na atmosfera do que o dióxido de carbono, mas é 80 vezes mais potente no aquecimento da Terra. Como resultado, reduzir as emissões do gás, que se estima ter respondido por 30% do aquecimento global desde os tempos pré-industriais, é uma das formas mais eficazes de desacelerar as mudanças climáticas.

    Ao todo, 15 dos 30 maiores emissores mundiais de metano já aderiram ao compromisso durante a COP26, incluindo Indonésia, Paquistão, Argentina, México, Nigéria, Iraque e Canadá. O grupo estima que o compromisso permitirá reduzir o aquecimento global em pelo menos 0,2 grau Celsius até 2050.

    Considerado um dos cinco maiores emissores mundiais de metano, o Brasil tem a atividade pecuária como a principal contribuição para esta posição junto com a produção de óleo e gás e os aterros sanitários. Com o maior rebanho bovino do mundo, o país precisará aumentar a produtividade no setor e investir em tecnologia para garantir o cumprimento da meta.

    Por: Redação Globo Rural, com Reuters 



  • IICA e Fundo Verde do Clima fecham parceria de US$ 100 milhões para projetos de redução das emissões de metano nas Américas

  • Para secretário de Inovação do Mapa, Fernando Camargo, iniciativa pode ajudar países a cumprirem meta de diminuir as emissões de metano na pecuária

    + leia mais
  • Lei de pagamento por serviços ambientais é incentivo para cuidar do pasto

  • Pesquisadores da Embrapa destacaram a ligação entre das boas práticas de manejo do pasto e a nova lei de pagamento por serviços ambientais

    + leia mais


  • Criação de sites