• Notícias
  • Aprosoja Brasil apoiará indígenas dispostos a produzir e comercializar alimentos

    29/04/2021
    O presidente da Aprosoja Brasil, Antônio Galvan, participou na última sexta-feira (23.4) da abertura da colheita de arroz em Terra Indígena Sangradouro. A reserva, pertencente à etnia Xavante, se localiza no município Poxoréu, próximo a Primavera do Leste, em Mato Grosso. Na ocasião, ocorreu também a solenidade de posse da Diretoria da Cooperativa do Projeto Independência Indígena.

    Eu sua manifestação, Galvan reiterou o que fez nos últimos três anos enquanto presidente da Aprosoja Mato Grosso, que foi dar apoio à produção de alimentos nas reservas indígenas.

    “Somos parceiros, sim, em todo o Brasil, dos indígenas que quiserem produzir alimentos em parte das áreas deles, de acordo com a lei. A produção, principalmente de soja, vai ter o apoio incondicional da entidade em todos os estados brasileiros”.

    Galvan disse ainda que, apesar de inúmeras restrições para o plantio em reservas indígenas, a entidade vai empenhar toda a ajuda necessária para fazer com que a produção seja imediata e, acima de tudo, legal.

    Presidente da Funai entre autoridades e lideranças

    “Foi um evento muito importante para discutirmos as mudanças necessárias no sentido de resolvermos o problema da fome instalada nas reservas indígenas. Vamos apoiar também que haja excedente a ser vendido no mercado nacional ou até mesmo internacional”, continuou.

    Participaram também desta agenda o presidente da Aprosoja MT, Fernando Cadore, o presidente da Funai, Marcelo Xavier, os deputados federais José Medeiros (PODE), Nelson Barbudo (PSL) e Neri Geller (PP), além de deputados estaduais e prefeitos da região.

    Ronaldo Pareci e Antonio Galvan

    Esta foi a primeira agenda oficial de Antonio Galvan como presidente da entidade nacional desde sua posse, na última terça-feira, em Cuiabá, que teve transmissão pelo canal youtube.com/aprosojabrasil.

    Fonte: Aprosoja com curadoria Boi a Pasto

  • Agropecuária brasileira ajuda a salvar o planeta, reconhece a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima

  • A ILPF(integração lavoura-pecuária-floresta), a agricultura de precisão e a tecnologia baseada em ciência já levaram o Brasil ao ser um dos maiores exportadores globais de commodities.

    + leia mais
  • "O Reino de Agrus" se prepara para o futuro e intensifica a adoção de práticas sustentáveis e de bem-estar animal

  • Que ninguém duvide: em breve, a agronomia se casará com a ecologia. Não haverá vencedores. Haverá união", comenta o engenheiro agrônomo e doutor em Administração, integrante do FGVAgro, Prof. Xico Gra

    + leia mais


  • Criação de sites