• Nutrição
  • A ação da chuva no suplemento mineral pode provocar desperdícios e reduzir a qualidade do produto

    19/01/2022
    Com novas tecnologias, é possível que os suplementos minerais permaneçam secos, sem empedramentos e com níveis de garantia preservados

    Os elementos minerais são essenciais para todos os animais, devido a sua participação no funcionamento de muitos processos bioquímicos no organismo. A subnutrição mineral tem impacto produtivo e econômico, e é importante destacar que as forrageiras tropicais apresentam baixa concentração desses nutrientes e não são capazes de suprir as exigências para a produção animal adequada.

    A escassa disponibilidade de certos minerais pode resultar em redução de atividades como a digestão da fibra da forragem e a síntese de proteína, reduzindo a quantidade de nutrientes necessários para a produtividade do animal. “A deficiência de minerais pode levar a redução da imunidade, falhas reprodutivas, baixo desempenho e até a morte em casos mais severos. Portanto, o pecuarista deve estar atento ao balanceamento dos suplementos minerais para alimentação de bovinos de corte durante todo o ano”, explica João Benatti, gerente de Produto para Ruminantes da Trouw Nutrition.

    Suplementos minerais podem apresentar perdas no campo devido à ação da chuva, que leva ao emblocamento do produto. Isso acontece, pois alguns elementos que os compõem, em especial o cloreto de sódio e outros sais, são substâncias higroscópicas (absorvem água) com alta tendência de empedramento por recristalização de sua superfície. Benatti reforça que outro problema é a lixiviação (carreamento) de alguns minerais, promovendo um desequilíbrio no suplemento e consumo irregular dos nutrientes.

    “Cobrir e proteger o cocho são fundamentais para manter a qualidade da mistura e, assim, evitar desperdícios e menor consumo pelos animais. Entretanto, mesmo que a suplementação ocorra em fazendas com boa infraestrutura, onde há proteção contra as chuvas, há chance de que os suplementos minerais tenham contato com a água. E nesses casos, os prejuízos são imediatos”, alerta o gerente da Trouw Nutrition.

    Atenta a esse desafio, a Trouw Nutrition, uma das líderes mundiais em nutrição animal, desenvolveu a Tecnologia Dry, que possibilita que os suplementos minerais permaneçam secos, mesmo após chuva direta. Isso ocorre porque a tecnologia Dry impede a absorção de água pelo produto.

    “Os pecuaristas estão buscando novidades e informação, ainda mais para um tipo de produto que historicamente tem baixo investimento. Conseguimos agregar tecnologia em suplementação mineral que representa parte significativa dos custos de uma fazenda. Hoje, parte significativa dos minerais comercializados pela Trouw Nutrition estão na forma de Dry”, complementa João. 

    Fonte: Assessoria Trouw Nutrition 



  • CAP disponibiliza curso gratuito de proteção de ruminantes e equinos em transporte de longa duração

  • CAP disponibiliza curso gratuito de proteção de ruminantes e equinos em transporte de longa duração

    + leia mais
  • Starrett troca plástico por papelão nas embalagens de Serra Manual e eliminará o consumo de 7,9 toneladas do material ao ano

  • Substituição reduzirá ainda em 25% as emissões de CO2; Objetivo da empresa é que todas as suas embalagens sejam sustentáveis

    + leia mais
  • IICA e Fundo Verde do Clima fecham parceria de US$ 100 milhões para projetos de redução das emissões de metano nas Américas

  • Para secretário de Inovação do Mapa, Fernando Camargo, iniciativa pode ajudar países a cumprirem meta de diminuir as emissões de metano na pecuária

    + leia mais
  • Lei de pagamento por serviços ambientais é incentivo para cuidar do pasto

  • Pesquisadores da Embrapa destacaram a ligação entre das boas práticas de manejo do pasto e a nova lei de pagamento por serviços ambientais

    + leia mais


  • Criação de sites